quarta, 13 fevereiro 2013 12:55

Cuidados a ter online para uma Internet mais segura

Written by 

Ter precaução no uso de redes sociais. Só aceitar a pessoas que são conhecidas, ter cuidado com as fotos que se publicam e configurar as opções de privacidade de acordo com o uso que queremos fazer.

Usar sites de confiança para descarregar informação, música, aplicações ou outros ficheiros. Há que ter especial cuidado com aplicações que pedem para aceder aos dados do utilizador ou a informação confidencial

Não abrir links procedentes de utilizadores desconhecidos, seja através de uma mensagem de texto, de um e-mail, do Facebook ou do Twitter.

Ignorar as mensagens de spam e SMS relacionados, encriptar os dados e documentos confidenciais, evitar o "jailbreak" ou "rooting" de smartphones iOS e Android (desbloqueio que permite alterar definições centrais e instalar software não autorizado pela fabricante)

Vigiar o sítio onde se deixa o dispositivo e configurar senhas de acesso

Instalar uma solução de segurança completa em todos os dispositivos ligados à rede
A empresa portuguesa AnubisNetworks, por seu lado, registou em janeiro 5248 ataques informáticos a endereços IP em Portugal. Destes, a maioria dirigiu-se a Lisboa, Porto, Braga e Setúbal. A marca aconselha os utilizadores a verificarem as medidas de segurança que têm:

Usar palavras-passe distintas para os diferentes serviços

Utilizar uma firewall. Ligar-se à Internet sem uma firewall é como deixar a porta de sua casa aberta

Instalar Antivirus e AntiSpyware

Não aceitar ficheiros enviados (em anexo) por quem não conhecemos

Não responder a comentários ofensivos nas redes sociais

A melhor forma de manter um filho seguro é mantendo uma comunicação aberta com ele. Ao impedir, por falta de comunicação, que um jovem recorra a um adulto quando se sente em apuros é deixá-lo sozinho e vulnerável e permitir que o pior aconteça.

Fonte: TugaLeaks

Em HTML5 e CSS3
Copyright © 2011 7App.pt - Telf: +351 210 176 161
Mobile: +351 939 165 181